Escolha uma Página

Quem possui um cartão de crédito sabe que nele está registrada uma bandeira, lá no canto inferior direito. Mas afinal, qual é o papel das bandeiras de cartão? Você sabe pra que exatamente elas servem?

As bandeiras são, na verdade, as empresas que regulam o mercado de cartões de crédito. Elas estabelecem o padrão sob o qual as adquirentes devem processar seus cartões e a precificação dos diferentes estabelecimentos.

Fluxo de transação das bandeiras de cartão

No fluxo de transação, a bandeira recebe da adquirente a informação de captura da transação e valida o limite de crédito do portador do cartão com o banco, que por sua vez efetua a transação.

As bandeiras de cartão mais conhecidas que circulam no mercado são Mastercard, Visa, Elo, Hipercard, Diners e American Express. Eles têm bilhões de cartões de crédito aceitos globalmente e possuem cerca de 98% de Market Share no Brasil.

Bandeiras de cartão: mastercard, visa, elo, hipercard, diners e american express

Novas bandeiras no mercado

As bandeiras regionais tem ganhado maior representatividade e popularidade no mercado. O motivo foi a abertura do mercado, que quebrou a exclusividade entre credenciadoras e bandeiras e abriu a concorrência com novos entrantes.

Com milhares de cartões emitidos em todo território nacional, algumas bandeiras vêm se destacando e ganhando Market Share também no e-commerce:

Bandeiras de cartão regionais: banricompras, banescard, dacasa, banese, cabal, sorocred, credz e senff

Além desses, outro player que vem entrando de forma agressiva no mercado brasileiro é a JCB. A bandeira japonesa com atuação global em mais de 190 países é responsável por processar mais de US$ 62.7 bilhões anualmente.

À sombra das grandes empresas, as novas bandeiras de cartão se destacam pelos benefícios, preços e taxas que fidelizam muitos brasileiros. Algumas delas possuem, inclusive, um fluxo de transação diferenciado, já que não necessitam se homologar às adquirentes. Neste caso, a bandeira se torna a intermediadora de pagamentos e repassa ao lojista o valor líquido da transação.

Cartões private label

O private label é outro meio de pagamento alternativo que também vem ganhando espaço no e-commerce. Ele é um cartão privado da marca, que pode ser bandeirado ou não. Estes cartões possuem autorizadores próprios, ou seja, empresas que atuam no gerenciamento de crédito do consumidor. Para o varejista, o private label é usado para fidelizar o cliente, que adquire vantagens como parcelamento e prazos flexíveis.

No Brasil, 52 milhões de brasileiros possuem cartão de crédito. Diante deste cenário e com o comércio eletrônico crescendo aceleradamente, os lojistas tem aderido à essa nova tendência.

Por isso, tão importante quanto garantir a efetividade do seu meio de pagamento com as grandes bandeiras, é atentar para as novidades que surgem e-commerce e estar sempre atento as possíveis demandas dos seus clientes.

Quer receber as novidades de e-commerce em primeira mão?

x