O e-commerce vem sendo a primeira opção de compra para os brasileiros, seja pela comodidade ou pelos preços mais baixos em relação às lojas físicas. Segundo pesquisas, o crescimento no faturamento do e-commerce brasileiro vem acontecendo pelo aumento da confiança dos consumidores. Esse é um dos fatores que os clientes mais levam em consideração no momento de finalizar compras.

Mas e quando o consumidor não conclui a compra? Quais são os motivos que levam a isso? Separamos cinco causas e como revolvê-las. Confira!

1. Excesso de burocracia

A burocracia está presente no dia a dia do brasileiro e, por isso, evite trazer para o ambiente digital.

No momento em que requisitar o preenchimento dos dados por parte dos clientes, tente facilitar esse ponto. Inicialmente peça poucas informações, mas que sejam importantes para começar o relacionamento entre sua loja virtual e o consumidor.

E-mail, nome completo e número do telefone podem ser o básico exigido inicialmente, por exemplo. Posteriormente, poderá requisitar mais informações, como endereço residencial e o CPF, que são necessários para finalizar compras.

A taxa de conversão é um dos indicadores mais importantes para qualquer e-commerce, analise-o e verifique qual formulário de cadastro será o melhor para o seu negócio.

Uma dica é sempre salvar os dados das compras anteriores. Esse ponto facilitará futuras consultas por parte do consumidor, além de deixar a finalização das compras mais ágil.

2. Não salvar os dados

O consumidor opta por comprar on-line por causa da facilidade e agilidade. Mas, infelizmente, algumas lojas virtuais não utilizam o recurso de salvar os dados de compras anteriores.

Oferecer a compra com “apenas 1 clique” poderá resolver essa questão, pois com essa função já terá todos as informações pertinentes e ficará por conta do cliente só decidir o meio de pagamento que desejar.

Além de salvar as informações de compras anteriores, evite pedir que o consumidor preencha mais formulários ou que reenvie dados. Isso demonstra a falta de zelo com os dados dos consumidores, podendo diminuir ainda mais a confiança com a sua loja.

Como os dados são importantes para todos os negócios, use-os de maneira a deixar mais personalizada a experiência de compra do consumidor. Como sabemos, a Black Friday está se consolidando a cada ano no Brasil, aproveite sua base e direcione as melhores ofertas para os seus clientes, esse passo ajudará a fidelizá-los.

Como dito anteriormente, ofereça a opção de compra com “apenas 1 clique”, mas permita que o consumidor navegue no carrinho de compras em busca de mais opções para complementar sua experiência.

3. Falta de navegação no carrinho de compras

Facilitar a finalização das compras é importante para melhorar a experiência do consumidor na sua loja.

Alguns sites eliminam a navegação no carrinho de compras para diminuir a distração no momento de finalizar o pagamento. Esse ponto pode ser válido quando se pensa na alta taxa de desistência dos carrinhos, já que a porcentagem média de abandono chega a 69%.

Essa prática pode ir na contramão no momento da finalização das compras, pois em um período como o da Black Friday o volume de visitantes aumenta consideravelmente.

Em promoções como essa, o consumidor quer adquirir vários produtos de uma vez para justamente para aproveitar os baixos preços. Por isso, mantenha livre a navegação do consumidor pela loja, mas inclua um lembrete de que ele possui algum item no carrinho para não abandoná-lo.

Sempre deixe claro ao consumidor todas as informações pertinentes à compra, como o prazo de entrega e frete, para não o surpreender negativamente.

4. Informações confusas sobre frete e prazo de entrega

Como ressaltamos, deixe o consumidor bem informado sobre as compras. Em datas especiais, em que o volume de visitantes e de vendas é muito alto, procure ter um cuidado ainda maior.

Acaba sendo muito desconfortável para o consumidor consultar o frete e no momento da finalização surgir um valor além do esperado. Deixe claro também a data limite que os produtos podem ser entregues.

Na Black Friday, é comum que a entrega demore um pouco mais por causa do alto volume de vendas. Procure estruturar bem a logística do seu e-commerce para organizar os prazos e o frete. Além de diminuir a ansiedade do consumidor em receber os produtos, ajudará ainda mais na experiência e confiabilidade.

Analise ainda como anda o desempenho do seu site. Ele tem carregado rapidamente? Ele sai do ar se houver alto volume de visitantes? Esses pontos precisam ser verificados sempre que possível.

5. Problemas técnicos no momento de finalizar compras

Se fizer uma breve pesquisa no site Reclame Aqui, perceberá que os clientes ficam irritados quando um problema técnico ocorre.

Veja alguns problemas que podem atrapalhar ou impedir a finalização das compras:

  • erro ao finalizar compras: esse problema pode ser gerado pela má configuração do sistema de pagamento da loja ou outros fatores, como um carregamento lento;
  • site off-line: independentemente se o site está com baixo ou alto volume de visitantes, ele precisa ficar o máximo de tempo on-line. Se por algum motivo ficar fora do ar, seja para uma manutenção, procure avisar o consumidor utilizando sua base de e-mail e também deixando claro na home do site;
  • falhas na segurança: procure ter certificados de segurança em seu site. Isso dará garantias ao consumidor de que o seu site é protegido pelos melhores sistemas disponíveis no mercado. Procure deixar visível, principalmente no carrinho de compras.

Estruture bem a sua loja virtual e procure fazer manutenções regulares em sua plataforma. A experiência que o usuário tem no site será um dos motivos levados em consideração no momento de finalizar compras.

Se a sua loja pretende participar da Black Friday, essas dicas serão bastante úteis para atrair e converter visitantes em consumidores. Já se sua marca participou anteriormente dessa grande data e teve alguns desses problemas, poderá corrigi-los e oferecer um bom desempenho para os seus consumidores.

Como foi constantemente abordado durante o post, os dados podem ser usados ao seu favor e poderão contornar esses pontos que atrapalham a conclusão de uma compra.

Gostou do nosso artigo? Conheça outros vilões do e-commerce e saiba como combatê-los na Black Friday! Acesse: sosblackfriday.com.br

Simone Chaves

Simone Chaves

Formada em Comunicação Social pela UFRRJ, atua como Analista de Marketing na MundiPagg.
Simone Chaves

Quer receber as novidades de e-commerce em primeira mão?

x